sábado, 30 de maio de 2015

Capítulo 8

Bruna subiu com a amiga para o quarto e eu fiquei na sala vendo TV. Minha mãe passou com uma bandeja com lanche para as meninas e logo desceu indo na cozinha buscar outro lanche pra gente.

- Como andam os projetos para o novo DVD meu filho?
- Bem demais mamusca, as músicas que tenho feito com o Hugo estão incríveis e os arranjos do Dudu dão o toque perfeito em cada música sabe? - falava entusiasmado e minha mãe ouvia atentamente com aquela ternura que só ela tinha.
- E o clipe que você quer lançar antes do DVD?
- Ah, a gente está tendo umas ideias legais, vai ser inovador lançar um clipe antes mesmo do DVD estar gravado, vai deixar as pessoas ainda mais curiosas e ansiosas para verem o produto final.
- Quando começam as gravações?
- Em breve, mas cê vai amar xumba, a bailarina é fera, tão delicadinha dançando. Dá vontade de eternizar o momento. - minha mãe semicerrou os olhos e sorriu de canto me olhando. - Que foi que cê tá com essa cara dengosa aí?
- Quem é a menina? Eu conheço?
- É irmã do Hugo. - sorri e beberiquei um pouco de suco - Cê não conhece, ela veio naquele jantar que a gente fez com a galera e vocês tinham jantado fora.
- Tô lembrada. Quero conhecer essa menina que você fala com tanta doçura e admiração.
- Não pense nessas coisas D. Marizete. - zoei e ela riu - Apenas gostei de a ver dançando.
- Eu não me referi a outra coisa meu filho. - segurou o riso - Ela é bonita?
- Onde você tá querendo chegar hein? - fiz cócegas nela
- Me diga você até onde já chegou.
- Ah mãe, não aconteceu nada disso que cê tá insinuando. Ela apenas é a bailarina do meu clipe. - sorri de canto não conseguindo esconder o quanto estava empolgado com isso.
- Claro, me engana. - me olhou desconfiada - Você não está interessado nela né?
- Na-não mamusca. - gaguejei e comi um pouco de bolo.
- Sei. - riu.
- Sabe de nada xumba, não comece com esses filminhos feito a sua filha.
- Se já somos duas é porque anda se passando alguma coisa mesmo.
- Se acontecer eu te conto. - pisquei o olho para que ela não prolongasse a conversa.
 
 
Subi para tomar um banho e fiquei deitado lendo um livro sobre o Elvis, iria me ajudar na criação do cenário e da época em que se inseria o meu novo DVD. Desci para pegar um copo de água e quando estava voltando dei de caras com Rubia saindo do quarto de Bruna.
 
 
- Já vai? - perguntei como quem não quer nada.
- É, está na minha hora. - sorriu sedutora.
- A Bruna não te leva à porta?
- Ela está no telefone, eu mesma me ofereci para ir sozinha.
- Hum, está com tanta pressa assim? - me aproximei um pouco e ela deu de ombros.
- Depende do que acontecer que valerá a pena o atraso para o compromisso que tenho.
- Acho que valerá super a pena. - sussurrei e a puxei para o meu quarto. Coloquei o copo de água no criado mudo e fui até Rubia que já tinha colocado sua bolsa no cadeirão.
 
 
A peguei daquele jeito e ela foi logo com as mãos bobas explorar meu corpo. Nesse momento a imagem da Clara surgiu e me irritei por ela me ter dado um fora. Me vinguei na Rubia que não perdeu tempo e me empurrou para a cama se colocando em cima de mim.
 
 
 
Maria Clara On:



Deus do céu, o que andava acontecendo comigo? Porque raio eu tinha que me esbarrar com aquele cara e ele ser amigo do meu irmão e me deixar nervosa sempre que está no mesmo espaço que eu? Juro que queria uma explicação para isso tudo. Hoje mais cedo quase que fraquejei e não resisti aquele charminho todo. Ele sem dúvida sabe como cuidar de uma mulher e a fazer desejar sempre mais. Sem dúvida, que ele também, sabe como me provocar e embora isso me irrite eu gosto, pois me faz sentir desejada e admirada. Talvez não passe de atração, espero acreditar que seja isso mesmo. Terminei o ensaio e meu celular tocou avisando ser Bruna.


- Oi Bruna.
- Clarinha, cê tá em casa?
- Aham.
- Vem pra minha agora, por favor? Preciso da sua ajuda. - pediu nervosa.
- Aconteceu alguma coisa?
- Não, mas eu preciso conversar com você acerca do seu irmão.
- Ele foi hoje para Goiás…
- Eu sei, por isso preciso de você para me ajudar numa surpresa. - falou mais empolgada e percebi onde ela queria chegar. - Vem pra cá o mais rápido possível por favor.
- Vou me arrumar e já vou.
- Sua entrada está liberada.


Como não tenho carteira de motorista decidi pedir a Beatriz que me levasse até lá rapidinho. Mas a dita cuja tem encontro marcado com o amigo do outro, diga-se, Luan. A única solução foi chamar um táxi, enquanto ele não vinha tomei meu banho e me arrumei.



 
Saí de casa apressada e o táxi já me esperava. Só espero que o Luan não esteja lá e que não esbarre com ele. Era tudo que menos queria agora. Cheguei em menos de 20 minutos e Bruna me esperava na porta subindo rapidamente comigo para o seu quarto. Graças a Deus não dei de cara com ele.
 
 
- Me diga o que você me quer. - me sentei na ponta da cama e ela do meu lado.
- Não sei se você sabe, mas eu e o seu irmão estamos ficando. - falou tímida e sorri com isso, ele não me tinha contado mas eu sabia que a química entre eles era bem forte.
- Acho que só um cego não percebe o clima entre vocês.
- Pois é, então… - coçou a nuca e me olhou tímida - Eu queria preparar um jantar romântico para quando ele voltasse de viagem amanhã. Sei que seus pais estão viajando…
- Pra variar. - falei com mágoa, não reclamo dos pais que tenho, mas eles poderiam ser bem mais presentes e perceber que aquilo que eu sonho é por aquilo que eu tenho de lutar e não eles decidirem por mim aquilo que eu quero.
- Hey não fica assim.
- Nada não, continua. Quero saber qual a sua ideia.
 
 
Bruna me contou como queria tudo e eu já começava imaginando a cara do meu irmão. Ele é um  romântico nato e o que mais desejo é que ele encontre alguém que mereça todo o carinho que ele tem pra dar. Teria de dar um jeito de sair de casa, mas isso não seria problema.
 
 
- Adorei a ideia. Só te peço que não magoes o meu irmão, por favor. - pedi séria e ela assentiu com confiança pegando em minha mão.
- Pode confiar em mim pra fazer o Hugo feliz Clarinha.
- Vou confiar. - apontei um dedo brincando e rimos. - Bubu posso ir no banheiro?
- Claro, vai no do corredor, o meu está com problema na canalização. Fica ao fundo.
 
 
Saí devagar e ao mesmo tempo insegura. Vai que ele me aparece e volta a me desafiar. Não estou preparada para isso pela segunda vez no dia. Como Bruna me indicou vou até ao fundo do corredor e fico indecisa entre duas portas. Abro aquela que acho que é o banheiro e assim que entro me deparo com uma cena nojenta e desnecessária. Senti meu corpo estremecer e Luan que estava por cima de uma qualquer debaixo dos cobertores olhou assim que fiz barulho com a porta.
 
 
- Maria Clara? - disse surpreso e senti a raiva me possuir.
- Não se incomodem, me enganei na porta, podem continuar. - tentei não demonstrar irritação e saí daquele quarto furiosa entrando naquele que era o banheiro.
 



Mais logo tem mais. COMENTEM por favor <3

10 comentários:

  1. Ai MDS a Clarinha pegou eles bem no ato, kkkkkk como vc é mal portuguesa.
    Chegueiii viu, tava moreendo de saudades, Continua logoooo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah Clarinha estragou o bem bom do Luanzinho kkkkk E eu de você, espero que seja pra ficar agora Keila, mais logo tem mais :) beijos !!

      Eliminar
  2. Minha Nossa Que Safado Coitada Da Maria Clara De Ver Essa Cenas Do Luan KKKKKK E Ela Ainda Ficar Irritada,Tomara Que O Hugo E A Bru Der Certo Já Pode Continua Amando 😍💕💟🎤😂🔝❤👏😘🎤🔝👏

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha Luan não perde uma ! Mais logo tem mais amor !

      Eliminar
  3. não acreditoooooooooooo kkkkkk caraaaaaaaca amg, eu não queria ser a Maria nesse momento D: kkkk Quero só ver o que vai acontecer. E essa surpresa da Bruna? Fofaaaa *-*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkkkkkk Gostou? Luan é mais safado que vocês pensam kkkkkkk Tadinha dela que teve de ver essas cenas kkkkk

      Eliminar
  4. meu deus continua nega ta otima so quero ver o que luan vai fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada amor, mais logo saberás ahah beijos !

      Eliminar
  5. Eita! Nem pra trancar a porta o Luan presta kkkkk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah ele pensou com a cabeça de baixo Camila ahahah

      Eliminar